ClampOn Products Introduction

Apresentação dos produtos

O objetivo da ClampOn sempre foi desenvolver e produzir os melhores equipamentos com a mais alta qualidade possível. Para este fim, a ClampOn criou uma plataforma tecnológica modular com processamento inteligente que deu origem a nossos sensores ultrassônicos inteligentes. A empresa patenteou o princípio de processamento de dados do próprio sensor. Todos os instrumentos são baseados na mesma tecnologia, de forma que o software pode determinar como o instrumento será usado. O primeiro instrumento desenvolvido pela ClampOn foi um sensor acústico que podia ser programado para desempenhar diversas tarefas, por exemplo, o monitoramento de areia e a detecção de PIGs. A plataforma modular possibilitou que a tecnologia melhorasse o desempenho, a qualidade e o fornecimento, e, ao mesmo tempo, produzisse uma crescente gama de instrumentos com maior facilidade. As aplicações incluem a medição de vazamentos e vibração e o monitoramento de corrosão e erosão, além do monitoramento de areia e detecção de PIGs. Todos os sensores da ClampOn são não-intrusivos e incorporam o Processamento Digital de Sinais (PDS).

Toda a produção ocorre em nossas instalações de Bergen, Noruega, o que facilita a comunicação entre os departamentos, desde vendas até engenharia de produto e produção.

img16

Monitor de Partículas ClampOn SandQ e ClampOn DSP

Todos os sensores são idênticos e intercambiáveis, algo que é uma grande vantagem se houver necessidade de mudança/transferência de sensores, ou em caso de manutenção. O aumento da capacidade de processamento do PDS torna o sensor capaz de combinar sinais de diversas gamas de frequência ao analisar o fluxo. Versáteis, os sensores da ClampOn são os únicos instrumentos do mercado que oferecem comunicação de duas vias entre os sensores e o sistema de controle. Essa solução permite que futuras atualizações do sensor sejam instaladas por meio de um simples download de software novo. Usando a saída digital dos sensores, elas podem ser instaladas num sistema de “multi-drop”.

O sensor é instalado depois de uma curva, onde as partículas (cal ou areia) são forçadas a sair do fluxo, colidindo com o interior da parede da tubulação e gerando um pulso ultrassônico. O sinal ultrassônico é transmitido através da parede da tubulação e captado pelo próprio sensor acústico.
008

O monitor SandQ pode incluir a medição da velocidade do fluxo, tornando o sensor capaz de medir partículas sem a necessidade de receber informação de fontes externas sobre o fluxo. Isso gera uma redução expressiva dos custos de calibração em campo – o SandQ não precisa ser calibrado depois de sair da ClampOn. O fluxo de produto é medido usando uma técnica ativa de pulso-Doppler. Com o SandQ, os operadores de campo podem avaliar os dados do fluxo de areia em tempo real e tomar as decisões necessárias para otimizar a produção.

Detector de PIG ClampOn DSP

Clampon PIG detector

O detector de PIG ClampOn DSP é um sistema não-intrusivo de detecção de PIGs concebido para funcionar como um sistema de alarme de primeira fase para a detecção de PIGs, oferecendo registros exatos e confiáveis do momento da passagem do PIG e transmitindo o sinal ao operador. O detector também pode indicar a quantidade de detritos que precedem o PIG durante as operações de limpeza.

Monitor de Corrosão e Erosão ClampOn DSP (CEM)

topside_cem

O CEM oferece medições em tempo real de alterações da espessura das paredes de dutos e outras estruturas metálicas. É não-intrusivo e utiliza ultrassom ativo. De fácil fixação, pode ser adaptado a equipamentos existentes ou pré-instalado para monitorar a taxa de desgaste da tubulação em uma área grande. Até 32 transdutores operam para fornecer dados sobre a espessura média combinada das paredes. As tendências de espessura das paredes são geradas automaticamente e podem ser observadas em tempo real num computador que executa o software ClampOn CEM, ou registradas internamente num registrador de dados. O CEM também pode detectar a localização e a extensão de erosão, e monitorar qualquer estrutura metálica, incluindo dutos, tubulações de fluxo, conectores, manifolds e bases submersas de produção.

Leak_screen_350px

Monitor de Vazamentos ClampOn DSP

O monitor de vazamentos ClampOn DSP detecta pequenos ou médios vazamentos ou fluxos passantes em dutos e válvulas, mesmo com baixa pressão diferencial sobre o ponto de medição. O sensor foi desenvolvido com o intuito de oferecer um produto que possa quantificar o vazamento por uma válvula fechada. Ajuda os operadores a identificar e quantificar as fontes de vazamento de gás/líquido e assim possibilitar que tomem as medidas apropriadas. Nossos clientes usaram o monitor de vazamentos ClampOn com sucesso para identificar fluxos cruzados em válvulas conectadas ao manifold.

Monitor de vibração 3D ClampOn DSP

SandQ on pipe

O monitor de vibração acompanha vibrações tridirecionais em estruturas e dutos. Permite o monitoramento de vibração e de assinaturas de ruídos acústicos numa ampla gama de frequências, desde 0 Hz até centenas de kHz, dependendo da aplicação. Usos típicos incluem monitoramento, verificação de condições de operação (p. ex. válvulas de chapeleta), e avaliação da integridade estrutural de dutos e estruturas de suporte.

Detector de colisão de poço ClampOn DSP

Esse instrumento foi concebido para prevenir colisões envolvendo perfuração direcional na proximidade de poços existentes. Oferece aos operadores dados em tempo real para ajudar a determinar a proximidade da broca aos poços existentes.

 

Sensores submarinos

Pig detectors in funnels

Os sensores submarinos (areia/PIG/vazamento/vibração) foram desenvolvidos em estreita colaboração com a Shell Deepwater Development Inc. de Houston e a FMC Technologies da Noruega. O bem-sucedido projeto resultou num sistema de monitoramento de areia que combina uma vida útil extremamente longa com excelentes propriedades acústicas, oferecendo confiabilidade no ambiente de alta pressão das águas profundas. Desde 1998, a ClampOn já forneceu aproximadamente 2 mil sensores submarinos ao setor de petróleo e gás. Os monitores submarinos foram sujeitos a desenvolvimento contínuo a fim de otimizar a qualidade e o desempenho, preenchendo os requisitos do mercado.

Os sensores submarinos (areia) são instalados depois de uma curva, a uma distância de duas vezes o diâmetro do duto, onde as partículas/os sólidos colidem com a parede do duto, gerando um pulso ultrassônico. O sinal ultrassônico é transmitido através da parede do duto e captado pelo sensor acústico submarino. No sensor patenteado e “inteligente” da ClampOn, o sinal é processado internamente por um mecanismo de PDS e filtrado antes de ser enviado digital e/ou analogicamente para o computador ou o sistema de controle topside. A partir da sala de controle, o usuário pode monitorar e avaliar os dados em tempo real e tomar as decisões necessárias para uma produção rentável.

Os sensores podem ser entregues com um elemento de vibração embutido, acrescentando a função de monitor de vibração à função de monitor de areia ou detector de PIGs.

O monitor de corrosão e erosão (CEM) foi desenvolvido num projeto de joint venture com a BP e a Innovation Norway. O desenvolvimento do produto começou com uma versão topside, e o desenvolvimento para aplicações submarinas durou três anos. Baseado nos mesmos princípios da versão topside, o CEM submarino mede as alterações de espessura das paredes de dutos, placas ou outras estruturas metálicas. Pode ser montado com um ROV (Veículo de Operação Remota) em dutos já existentes ou como uma solução sem ROV no caso de aplicações novas.